O artigo na Wired Magazine diz, finalmente na grande mídia, o que todo mundo já sabia: investir no Second Life é se tornou desperdício de dinheiro.

Second Life: It’s so popular, no one goes there anymore. How Madison Avenue is wasting millions of dollars creating ads for an empty digital world.”

Tradução: É tão popular, mas ninguém mais vai até lá. Como a Madison Avenue desperdiça milhões de dólares criando novidades para um mundo digital abandonado?

Adivinha? Não é a única.

Aconteceu com Michael Donnelly o que provavelmente aconteceu com milhares ou milhões de pessoas. Ouviu falar tanto das infinitas e fantásticas oportunidades do mundo virtual 3D que decidiu entrar.

Criou um avatar e se teletransportou para uma ilha. Mas … epa! espera ai, não tem ninguém aqui! [...] Acho que a festa é do outro lado.

470840573 ed00465a63 O Planeta Vazio   Second Life

Se teletransportou mais uma vez, e nada. Outra? nada.

Enquanto um vídeo no Youtube, mostrando o efeito da mistura de Mentos + Coca-cola teve 5,6 milhões de visualizações, a ilha da Coca-cola dentro do SL está totalmente deserta.

Aliás, o esse vídeo do Mentos todo mundo já viu. Mas já viram o efeito que causa com mentos e coca na sua boca?

A verdade é que o Second Life é uma boa plataforma para realizar conferências, algumas reuniões, etc. Mas jogar Fahrenheit ainda me parece mais divertido. E redes sociais podem ocupar melhor o tempo daqueles que ainda contam com a conexão discada nossa de cada dia.

Mas não se preocupe, mesmo as empresas que gastaram milhões já perceberam que caíram na armadilha da “inovação por inovação”, sem produtividade.

Agora focaremos na “Innovation that matters“, não é Big Blue?

Fonte: Avi Alkalay




Confira Outras Postagens: